Tondela

Pako Ayestarán: "Sabíamos da dificuldade que íamos encontrar"

Pako Ayestarán: "Sabíamos da dificuldade que íamos encontrar"

O treinador do Tondela admitiu, este domingo, que o Benfica foi melhor na segunda parte e que a equipa beirã teve muitas dificuldades, principalmente na segunda parte.

"Antes do jogo sabíamos da dificuldade que íamos encontrar, uma equipa de Champions, com um grande jogo coletivo. Fizemos a estratégia que devíamos com as características dos nossos jogadores e creio que fizemos primeiro tempo quase perfeito, a fechar espaços interiores, tapar corredores, sair rápido para a frente. Depois, com a qualidade do Benfica, sabíamos que nos iam pôr a fechar mais abaixo. E, quando estão no último terço, podem sempre fazer golo", começou por dizer Pako Ayestarán, dando mérito ao clube encarnado.

"Na segunda parte, introduziu mais velocidade e qualidade na relva. Encontrou mais espaços. A nós também começou a custar a fechar e a pressionar a bola e, a partir daí, eles começaram a empurrar-nos para trás. Tentámos meter jogadores frescos, para manter bola e sair rápido, mas não aconteceu. O público é sempre importante, o jogo não estava fácil. Creio que estava difícil encontrar buracos na nossa defesa e, neste tipo de jogos, sabe-se que tem de se estar bem, muito organizado", concluiu.

O Benfica venceu, este domingo, o Tondela, no Estádio da Luz, na quarta jornada da Liga. Salvador Agra, Rafa e Gilberto marcaram os golos do jogo. Com o quarto triunfo seguido na prova, o Benfica soma 12 pontos, mais dois do que Sporting, F. C. Porto e Estoril Praia, enquanto o Tondela permanece no 12.º lugar, com os mesmos três pontos de Paços de Ferreira e Arouca.

PUB

Outros Conteúdos GMG