Futebol

Palmeiras vence campeão Atlético Mineiro e reforça comando do Brasileirão

Palmeiras vence campeão Atlético Mineiro e reforça comando do Brasileirão

O Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, aumentou na quarta-feira a vantagem na liderança do campeonato brasileiro de futebol, ao vencer por 1-0 no estádio do Atlético Mineiro, campeão em título, em jogo da 28.ª jornada.

Um golo marcado pelo defesa Murilo Cerqueira, aos 51 minutos, após assistência de Gustavo Scarpa, permitiu ao Palmeiras, mesmo desfalcado de vários jogadores influentes (Weverton, Gustavo Gómez, Danilo, Raphael Veiga, Gabriel Menino e Zé Rafael), arrumar também as ténues expectativas de revalidação do título do adversário.

A equipa de Abel Ferreira aumentou de oito para nove pontos a vantagem no comando da prova, agora sobre o Fluminense, que goleou o lanterna-vermelha Juventude por 4-0 e subiu ao segundo lugar, relegando o Internacional para o terceiro posto, já a 10 pontos de distância, na sequência do 'nulo' (0-0) com o Bragantino.

PUB

O Corinthians, orientado pelo português Vítor Pereira, aproveitou para se aproximar do pódio do Brasileirão, reduzindo para três pontos o atraso para o Internacional, ao impor-se por 2-1 na receção ao Atlético Goianiense, graças a um golo marcado por Yuri Alberto, aos 88 minutos.

A equipa de São Paulo, que capitalizou também a derrota por 2-0 do Athletico Paranaense no reduto do Santos para ascender à quarta posição, tinha inaugurado o marcador aos 12 minutos, por intermédio de Roger Guedes, mas os visitantes igualaram aos 17, por Wellington Rato.

Outro técnico português que saiu vitorioso na última ronda do campeonato brasileiro foi Luís Castro, no comando do Botafogo, que venceu por 1-0 no estádio do Goiás, com um tento marcado também ao 'cair do pano', aos 89 minutos, por Del Piage.

O Cuiabá, orientado por António Oliveira, também conquistou um triunfo importante, por 2-1, na receção ao América Mineiro, com Sidcley (32 minutos) e André Luís (62) a marcarem os golos dos anfitriões, que continuam em zona de despromoção, no 17.º lugar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG