Boavista - Tondela

Pantera salva ponto mas não sai da aflição

Pantera salva ponto mas não sai da aflição

Elis empata a três minutos do fim e anula golo de González à entrada do último quarto de hora. Axadrezados infelizes.

Boavista e Tondela empataram a um golo, resultado mais penalizador para a equipa axadrezada, que assim não deixou o 16.º lugar na Liga, que obriga a disputar o play-off, com o terceiro da Liga 2. Já para os beirões, a igualdade, se não lhes resolveu de vez a questão da permanência, permitiu-lhes subir para os 36 pontos, pelo que só um terramoto classificativo poderá empurrá-los para o escalão secundário.

Galvanizado pelo apoio de grande número de adeptos, que, mesmo com o jogo à porta fechada, foram ao Bessa receber o autocarro da equipa, o Boavista, especialmente na primeira parte, foi superior, mas teve de lidar com uma excelente atuação do guarda-redes Trigueira, com passado no Bessa e que foi a figura do jogo.

A continuidade do nulo obrigou os boavisteiros a arriscar mais, mas a falta do golo foi tirando discernimento à equipa. O Tondela, que foi dando a ideia de o empate já lhe agradar, acabou por se adiantar no marcador à entrada do último quarto de hora. Boa abertura de Ricardo Alves para Mario González, com o goleador dos beirões, oportuno, a desfazer o nulo.

O Boavista arriscou mais e Yusupha falhou uma boa oportunidade, permitindo o corte de Abdel Medioub sobre a linha fatal. Mas, a seguir, Elis, a passe de Nathan, fez mesmo o empate.

Já não havia tempo para muito mais, o Boavista espreitou a reviravolta, mas o resultado não se alterou.

Veja o resumo:

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG