Desporto

Parlamento adia audição da Liga de Clubes sobre casos de racismo

Parlamento adia audição da Liga de Clubes sobre casos de racismo

O Parlamento adiou a audição da Liga de Clubes sobre casos de racismo em eventos desportivos.

A sessão que deveria decorrer esta terça-feira com o presidente da Liga, Pedro Proença, foi inicialmente requerida pelo Partido Comunista Português e Bloco de esquerda. O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Ribeiro, já foram ouvidos na Assembleia da República.

A sessão foi adiada para uma data ainda por definir, segundo informa a agência Lusa. O motivo da convocação da mesma foi a propósito das manifestações de racismo em recintos desportivos.

O objetivo passava por explicar as medidas adotadas para prevenir este tipo de comportamentos, na sequência do caso Marega - o jogador foi alvo de insultos racistas no encontro frente ao Vitória de Guimarães.

Pedro Proença mostrou-se "totalmente disponível para marcar a audição solicitada assim que seja possível para todas as entidades", pode ler-se numa nota publicada no site oficial da Liga de Clubes.

Outras Notícias