Futebol

Paulinho a triplicar mantém guerreiros na corrida

Paulinho a triplicar mantém guerreiros na corrida

Minhotos tiveram que se aplicar para bater líder da Liga 2. "Hat-trick" do avançado permite à equipa de Carvalhal lutar pela revalidação do título da Taça da Liga.

Paulinho nem sequer estava a fazer um grande jogo, mas um ponta de lança vive é de golos e o internacional português fez três e ultrapassou a barreira dos 60 tentos em todas as competições ao serviço do Braga (61). Primeiro festejou na recarga a um penálti e, depois, repetiu a dose em dois remates de primeira, após assistências de Esgaio e Galeno, ambos já na segunda parte.

Paulinho voltou a mostrar a eficácia que justificou a chamada à seleção de Fernando Santos e quebrou a resistência do Estoril, que deixou uma bela imagem em Braga, mostrando que não é à toa que lidera a Liga 2. Mas são os bracarenses que vão fazer companhia a Sporting, F. C. Porto e Benfica na final four da Taça da Liga, no próximo mês de janeiro (16 a 23), em Leiria.

Depois da goleada (7-0), há três dias, ao Olímpico do Montijo, para a Taça de Portugal, Carlos Carvalhal só repetiu Bruno Viana, Sequeira e Paulinho no onze, enquanto os canarinhos, em boa forma no segundo escalão, apresentaram praticamente a mesma equipa que eliminou o Boavista, também na prova-rainha do futebol português.

O Braga entrou forte e Thiago impediu o golo a Ricardo Horta (11 minutos) com uma grande defesa. Pouco depois, ainda defendeu o primeiro remate de Paulinho no penálti: o internacional português falhou com o pé esquerdo, mas marcou na recarga com o direito.

Ofensivamente, o Estoril quase não existiu na primeira parte, mas seria diferente no segundo tempo. Apesar de não ter criado grandes ocasiões, pertenceu-lhe a iniciativa atacante durante muito tempo neste período.

PUB

Fransérgio desperdiçou uma grande ocasião, atirando à barra com o guarda-redes no chão (46), mas Paulinho faria o "bis" ao rematar de primeira após passe de Esgaio. Aos 64 minutos, André Franco deu esperança aos canarinhos, mas Paulinho liquidou-a dando a melhor sequência a uma mais uma fuga da "gazela" Galeno.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG