O Jogo ao Vivo

Portimonense

Paulo Sérgio "envergonhado" pelas suspeitas relativas ao jogo no Dragão

Paulo Sérgio "envergonhado" pelas suspeitas relativas ao jogo no Dragão

O treinador do Portimonense reagiu ao processo de inquérito aberto pelo Conselho de Disciplina à equipa escolhida para o jogo no Dragão, frente ao F. C. Porto, no passado dia 16 de abril, que culminou com derrota por 0-7, por suspeita de apresentação de equipa inferior.

Paulo Sérgio mostrou-se "envergonhado" por colocarem em hipótese que alinhou "nesse tipo de jogadas" e justificou as escolhas com as opções que tinha à disposição. " É uma afronta o que me estão a fazer. Por outro lado, já disse o que tinha a dizer sobre o assunto, basta verem que nem o banco de suplentes tinha completo: com dois guarda-redes, ainda tinha espaço para mais um atleta, e basta ver os que tinha no banco, para perceberem o que tinha disponível para essa partida", afirmou o técnico na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Arouca.

O treinador algarvio mostrou-se indiferente à opinião pública, declarando que "burros sempre houve e hoje têm voz através das redes sociais", mas revelou ter ficado magoado com o facto de "pessoas com responsabilidade no futebol pensarem que podia entrar nesse tipo de situações".

PUB

"Tenho filhos, tenho pais, tenho família e é uma vergonha para mim ver o meu nome associado a suspeitas desta natureza. Mas isso fala mais das pessoas que me põem em causa, do que propriamente de mim, porque tenho a ficha limpa, subi a pulso e por cá ando", concluiu Paulo Sérgio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG