O Jogo ao Vivo

SLB

Pedro Martins avisa Benfica que Marítimo não perde em casa desde outubro

Pedro Martins avisa Benfica que Marítimo não perde em casa desde outubro

O treinador do Marítimo admitiu, este domingo, que o Benfica é um conjunto difícil, mas lembrou que os madeirenses não perdem em casa desde 27 de outubro, na antevisão ao jogo da 27.ª jornada da I Liga de futebol.

Sobre o encontro de segunda-feira, Pedro Martins insistiu que o Marítimo pretende continuar a somar pontos rumo a uma qualificação europeia.

"Vai ser um jogo disputadíssimo. Já não perdemos nos Barreiros desde 27 de outubro, mas somos um equipa forte e temos a noção de que vamos defrontar uma grande equipa", adiantou em conferência de imprensa.

Para Pedro Martins o jogo com os "encarnados" não permite erros. "É um jogo importante, em que a margem de erro é diminuta, mas é importante para nós como para o Benfica, se vencêssemos seria ótimo".

Comparativamente à importância que tem a partida para as duas equipas, Martins revela que "ainda faltam vários jogos". "Não dependemos só de nós para atingir o nosso objetivo, enquanto o Benfica, mesmo perdendo pontos na Madeira, continuará a liderar o campeonato".

Considerando que "ambas as equipas estão pressionadas", o treinador do Marítimo garante que o Marítimo já ultrapassou o mau resultante da derrota (2-1) no dérbi com o Nacional, na última jornada.

"Já o analisámos e sabemos o que fizemos de mal, por isso já foi tudo ultrapassado. Somos uma equipa com caráter, vamos jogar à Marítimo, sabendo que não vai ser fácil", sublinhou.

PUB

Depois de na época passada ter ganho ao Benfica para a Taça de Portugal, impondo, na altura, a primeira derrota ao adversário, Pedro Martins espera que o resultado se repita.

"Não gosto de falar de situações que fazem parte do passado, mas entre o Benfica desta época e o da época passada, não há grandes variantes, a equipa tem um sistema bem definido", explicou.

Pedro Martins acredita que o Benfica fará "três ou quatro alterações", mas garante que para o Marítimo "isso não altera nada, nem traz facilidades".

O treinador dos "verde-rubros" recusou falar de arbitragens, voltando a frisar na necessidade de ser criada "uma comissão de observadores".

"A Liga tem que ter uma participação muito mais forte do que tem. Neste momento quero é que o futebol português avance e lamento imenso que quando a arbitragem passou para a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) tivessem acabado com as comissões de avaliação", lamentou.

Numa análise ao adversário, Pedro Martins considera que o Benfica "tem tudo, uma boa defesa, meio campo e ataque, é uma equipa que pode fazer alterações sem que a as acuse", afirmou.

Quanto à sua equipa, disse que "terá que otimizar aquilo que faz", fazendo ênfase a que "os primeiros minutos serão importantes, porque Benfica vai entrar forte, como é normal".

"Se nós passarmos essa barreira, tudo ficará mais fácil", afirmou com convicção.

O Marítimo, oitavo classificado, com 34 pontos, defronta na noite (20:00) de segunda-feira o líder Benfica, com 70, em jogo relativo à 27.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que será arbitrado pelo bracarense Manuel Mota.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG