Liga

Pedro Proença: "O Futebol não pode parar"

Pedro Proença: "O Futebol não pode parar"

O presidente da Liga fez, esta segunda-feira, um balanço dos últimos meses das ligas profissionais e considerou que "não podem parar" como aconteceu eu março, o que seria "um duro golpe".

"O nosso compromisso é não parar as competições, sob pena de esta indústria sofrer danos irreversíveis. A Liga Portugal, juntamente com as Sociedades Desportivas, parceiros e stakeholders, tudo vai fazer para que o Futebol Profissional cumpra o calendário até ao final da temporada. Será um duro golpe para todos se se verificar uma paragem de contornos idênticos à que aconteceu em março último. E olhando para outras ligas na Europa, dificilmente tal irá suceder, pelas mesmíssimas razões que se verificam com a Liga Portugal", pode ler-se na revista da Liga.

Pedro Proença garantiu ainda que tudo será feito para que o público possa regressar às bancadas, recordando os testes "de sucesso" que já foram feitos.

"Um estudo recente levado a cabo pela Portugal Football School, da FPF, com a participação do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, sugere que o futebol não é uma modalidade desportiva de alto risco de exposição respiratória para a transmissão da COVID-19. (...) É importante, pois, deixar bem vincado que a Liga Portugal continua a trabalhar afincadamente para um regresso de forma responsável dos adeptos às bancadas dos estádios. Sem eles, o Futebol, efetivamente, não faz sentido", acrescentou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG