Futebol

Pedro Proença reage a cenário de demissão: "A Liga é dos clubes"

Pedro Proença reage a cenário de demissão: "A Liga é dos clubes"

Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, admitiu a possibilidade de colocar o lugar à disposição dos clubes à saída de um encontro com Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto.

Em declarações após uma reunião na Câmara Municipal do Porto, com Rui Moreira, Pedro Proença não coloca de lado a possibilidade de colocar o cargo de presidente da Liga à disposição, mas recorda que este é um momento de grande responsabilidade para o futuro de muitos clubes.

"A Liga é dos clubes. O presidente só estará na Liga enquanto os clubes quiserem. Este é um momento de responsabilidade, de retomar as competições. É vital que se retomem as competições, se não retomarmos, temos diversas realidades de insolvência. É um momento de responsabilidade para todos. O presidente Pedro Proença está sempre disponível para ouvir todas as propostas dos clubes", disse.

Todo este cenário de especulação deve-se ao pedido de Pedro Proença, junto da Presidência da República e do Governo, para que os jogos pudessem passar em sinal aberto. Instado a comentar esta situação, o presidente da Liga explicou o que tentou implementar.

"O que tentámos potenciar foi que as entidades governamentais pudessem injetar dinheiro nos canais generalistas, que estes pudessem adquirir conteúdos dos operadores e que os operadores pudessem ser ressarcidos das perdas que tiveram durante dois meses e que pudessem pagar aos clubes para fechar o ciclo", afirmou.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG