Ténis

Pedro Sousa avança no Maia Open e é o único português nos "quartos"

Pedro Sousa avança no Maia Open e é o único português nos "quartos"

Em duelo 100% luso, o tenista português Pedro Sousa afastou, esta quinta-feira, Gastão Elias, para chegar aos quartos de final do Maia Open. O outro português que ainda estava em prova, Frederico Silva, caiu aos pés do italiano Andrea Arnaboldi.

É verdade que o Maia Open se apresenta como um dos torneios - o outro é o de Campinas, no Brasil - que esta semana colocam um ponto final no calendário do circuito ATP, mas nem por isso tem faltado emoção e entusiasmo aos "resistentes" de 2020.

Esta quinta-feira, num duelo pintado com as cores lusas, Pedro Sousa, 113.º ATP, voltou a levar a melhor frente a Gastão Elias (429.º), um mês depois de se terem defrontado no Lisboa Belém Open. Cada vez mais favorito na Maia, Sousa precisou de apenas 1 hora e 49 minutos para derrotar o compatriota, em dois sets (6-2 e 6-4), e marcar encontro com o belga Kimmer Coppejans, número 179 do mundo, naquele que será o quinto embate entre ambos.

No jogo que encerrou o dia, Frederico Silva (183.º) esteve na frente, mas acabou ultrapassado por um Andrea Arnaboldi (276.º), por 2-6, 6-4 e 7-5, que fez das assistências médicas uma "muleta" para ultrapassar os momentos de menor inspiração.

O Maia Open, torneio do ATP Challenger Tour organizado pela Federação Portuguesa de Ténis com o apoio da Câmara Municipal da Maia, decorre até ao próximo domingo (dia 6), no Complexo de Ténis da Maia.

Outras Notícias