Futebol

Pepa: "Justo era a vitória do Paços de Ferreira"

Pepa: "Justo era a vitória do Paços de Ferreira"

O treinador do Paços de Ferreira, Pepa, falou em frustração pela derrota (1-0) em Alvalade, frente ao Sporting, na 26.ª jornada da Liga, mas mostrou-se orgulhoso pelo que os jogadores fizeram em campo.

"As primeira palavras vão para os jogadores do Paços. Grande jogo, grande intensidade, muita qualidade. Se achava que o empate era justo para o que fizeram em campo, eu diria que não, que justo era a vitória do Paços de Ferreira", começou por afirmar o treinador dos castores, continuando: "Saímos frustrados por não levar nada connosco em termos de pontos, mas com um orgulho enorme pelo que fizemos em campo".

"Muita qualidade, em termos estratégicos do jogo estávamos muito subidos na primeira parte e houve algumas situações que a bola entrava na segunda linha de frente para os médios do Sporting, mas corrigimos isso e a verdade é que só temos de estar orgulhosos. Tudo o resto que aconteceu dentro de campo, nessas decisões-chave não tenho tempo para perder tempo com isso. A revolta foi na intensidade, na qualidade e na entrega, que é tudo o que podemos fazer. Tudo o resto é muito esquisito", atirou Pepa, sem se referir ao penálti que o árbitro Rui Costa marcou e depois anulou.

O técnico pacense mostrou-se bastante satisfeito com a prestação de toda a equipa. "Só na semana do jogo do Tondela é que fazemos as tais seis semanas de pré-época. É importante jogar, o ritmo do jogo e a resposta foi fantástica", finalizou.

Outras Notícias