Paços de Ferreira

Pepa: "O que aconteceu na primeira parte foi vergonhoso"

Pepa: "O que aconteceu na primeira parte foi vergonhoso"

Pepa, treinador do Paços de Ferreira, mostrou-se muito contente com o triunfo (3-2) sobre o F. C. Porto, esta sexta-feira à noite, na Mata Real, considerando que a equipa fez uma "exibição épica" e definiu como "vergonhoso" o golo anulado e o penálti assinalado na primeira parte.

"Foi uma exibição épica. Para mim, épica. Disse aos jogadores que, independentemente de tudo o que estivesse a acontecer, estavam a ser uns heróis. O que aconteceu na primeira parte foi vergonhoso. Quando é, é. Fui expulso, o adjunto foi expulso. Somos humanos e a ver o que aconteceu em campo, foi vergonhoso. Vergonhoso o que aconteceu ali", atirou o técnico dos castores na conferência de imprensa após o final do encontro, reconhecendo, contudo, que poderá ter passado dos limites: "Se calhar não devia ter dito o que disse após a expulsão. A maior bofetada que se pode dar é com humildade, cabeça no sítio, dedicar esta vitória a muitas pessoas que sofrem aqui no Vale do Sousa, que queriam vir ao estádio".

E continuou: "Não consigo perceber o golo anulado e o penálti assinalado à nossa equipa. Peço desculpa pela minha ignorância, é mau demais".

Sobre a estratégia montada para surpreender o campeão nacional, Pepa salientou que a equipa sabia que tinha de "ser organizada". "Não posso individualizar nenhum jogador, em termos coletivos estivemos muito bem, depois conseguimos colocar em campo o tal critério que nos tem faltado. Se analisarmos a frio, tivemos mais remates enquadrados, mais cantos, mais oportunidade de golo. Houve mais Paços em tudo. Depois traduziu-se em golos e oportunidades. Definimos bem, acabámos as jogadas, isso tinha que dar em golos e acabou por dar", sintetizou o treinador do Paços de Ferreira.

PUB

Outras Notícias