Futebol

Pepa responde a Jorge Jesus: "Não admito que digam esse tipo de situações"

Pepa responde a Jorge Jesus: "Não admito que digam esse tipo de situações"

O treinador do Paços de Ferreira considerou, este sábado, que a equipa cometeu muito erros diante do Benfica a respondeu a Jorge Jesus.

"Foi um resultado pesado, mesmo com o Jordi a fazer uma boa exibição. Não vou agarrar-me à expulsão porque, mesmo com menos um, podíamos ter feito mais. Tenho que realçar a entrada. Tivemos uma entrada forte, personalizada. Estávamos bem no jogo e foi pena. Mas, mais do que isso, há erros que não podemos cometer. Em dez minutos sofremos três golos e pesou muito. Pesou o cansaço de não ter bola e menos um homem. Foi ingrato, queríamos discutir este jogo e saímos com a sensação de uma entrada forte e, se já era difícil 11 para 11, tornou-se praticamente impossível", começou por dizer Pepa.

O jogo ficou marcado pela expulsão de Eustáquio aos 21 minutos e, no final do jogo, Jorge Jesus afirmou que o jogador merecia ser multado, pois "teve nítida intenção de magoar o Weigl". O treinador do Benfica não ficou sem resposta, com Pepa a vincar que "se deve ter cuidado com o que se diz" já que Eustáquio é "dos melhores profissionais" com quem já se cruzou.

"Sou novo, ando nisto há pouco tempo e o Stephen é só um dos melhores profissionais que treinei até hoje. Não tem maldade nenhuma. Tentou ganhar a bola, não projetou o corpo. Espero que o Weigl esteja bem, porque não há maldade e temos de ter cuidado com o que dizemos. Parabéns ao Benfica, ganhou, foi melhor e superior, mas o Stephen é só um dos melhores profissionais que treinei até hoje e não admito que digam esse tipo de situações", concluiu.

O Benfica goleou (5-0), este sábado, o Paços de Ferreira na Capital do Móvel na 26.ª jornada da Liga. Diogo Gonçalves, Seferovic, em dose dupla, Rafa e Darwin marcaram os golos dos encarnados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG