F. C. Porto

Pepe talvez, Nakajima não. E Conceição em busca do "antídoto" para o Braga

Pepe talvez, Nakajima não. E Conceição em busca do "antídoto" para o Braga

Nakajima de fora, garante Sérgio Conceição. "Pepe? Vamos ver...", acrescenta o treinador. Seja com quem for, o F. C. Porto procura "o antídoto para ganhar o jogo" ao Braga, esta sexta-feira, no Dragão.

No lançamento da partida da 17.ª jornada, que fecha a primeira volta da competição, Sérgio Conceição apela "à concentração e ao equilíbrio" para ultrapassar "o poderio ofensivo" do Braga e enfrentar os desafios táticos que serão colocados pelos 3-4-3 adotado pela equipa minhota desde a chegada do treinador Ruben Amorim.

"Temos de olhar para os pontos fortes do adversário. E também de saber explorar as fragilidades que existem no rival, porque elas existem em todas as equipas do Mundo e no Braga também", disse Conceição, em conferência de imprensa decorrida esta tarde no Centro de Treinos do Olival.

Sem Nakajima, lesionado, e ainda sem certezas sobre Pepe, que permanece em tratamentos, Conceição procura "a fórmula" mais adequada à exigência do desafio, do qual não dissocia o que se seguirá imediatamente, em Lisboa, no dérbi que oporá o Benfica ao Sporting.

Conceição diverge: "O dérbi de Lisboa? Temos é de olhar para o nosso jogo. É o que nos interessa. Não adianta nada olhar para outros jogos se não ganharmos o nosso".

F. C. Porto, segundo classificado, a quatro pontos do Benfica, entrará em jogo 17 unidades à frente do Braga, que corre na quinta posição.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG