Boavista

Petit: "Isto é um aviso: isto ainda não acabou"

Petit: "Isto é um aviso: isto ainda não acabou"

No rescaldo da derrota diante do Sporting, o treinador do Boavista admitiu que a equipa de Alvalade começou melhor o jogo e deixou um "aviso" ao plantel axadrezado.

""O Sporting entrou melhor nos primeiros minutos. A mobilidade do Sporting criou-nos alguns problemas. Na primeira parte, o Sporting teve um remate que o Bracali defendeu. Foi uma primeira parte sem muitas oportunidades. Tentámos ajustar na segunda. Sofremos um golo caricato, num cruzamento que ressalta. Ficou mais fácil para o Sporting. Tivemos de lançar gente mais jovem. Temos tido dificuldades para lançar onzes. Vamos ter de falar porque os últimos dois jogos não foram a nossa imagem", começou por dizer Petit, admitindo que alguns jogadores "fizeram falta" e deixando um "aviso" ao plantel.

"Se jogadores que costumam ser titulares fizeram falta? São jogadores que faziam alguma diferença. Procurámos sempre dar a melhor resposta, mesmo com lesões e castigos. Os treinadores querem sempre os melhores. Temos de levantar a cabeça e temos de dar uma imagem diferente. Sem dúvida que esses jogadores fazem falta. Acima de tudo, temos de saber o clube em que estamos. Temos de ser ambiciosos. A ambição é sempre estar na melhor tabela possível. Sabemos a realidade do campeonato. Estes últimos dois jogos não podem ser a imagem da época. Jogadores têm de saber o treinador que têm. Isto é um aviso: isto ainda não acabou", concluiu.

O Sporting venceu (3-0), esta segunda-feira, o Boavista em jogo a contar para a 31.ª jornada da Liga. Matheus Nunes, Rodrigo Abascal, na própria baliza, e Bruno Tabata marcaram os golos. Com este resultado, o clube de Alvalade ocupa o segundo lugar, com 76 pontos, a seis do líder F. C. Porto, e garantiu praticamente o acesso direto à próxima edição da Liga dos Campeões, uma vez que tem oito pontos de vantagem sobre o Benfica, terceiro, quando faltam apenas três jornadas para o fim do campeonato. Já o Boavista é 12.º classificado, com 33 pontos, praticamente a salvo da descida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG