Espanha

Piloto galego de rali morre em colisão com carro português

Piloto galego de rali morre em colisão com carro português

Víctor Magariños, piloto de rali de 46 anos, morreu, neste sábado, em consequência de uma colisão com o carro do piloto português Ricardo Costa, em Cerdedo-Cotobade, a dez minutos de Pontevedra.

O acidente aconteceu na estrada EP-0401, no município de Carballedo, cerca das 12.20 horas locais (11.20 horas em Portugal), relata a imprensa galega.

Ao volante de um BMW azul, o histórico piloto espanhol, que colecionou pódios no final dos anos 90 e início do século, fazia o reconhecimento oficial do rali da "III Subida a Pontevedra" (com data marcada para o próximo fim de semana) num troço da via aberto ao trânsito. O automóvel que conduzia sofreu uma colisão frontal com outra viatura, que seguia no sentido oposto e onde estavam "alguns portugueses", escreve o jornal "La Voz de Galicia". De acordo com o "Faro de Vigo", "ao que tudo indica, um piloto português estava a fazer o mesmo treino em sentido ascendente". O JN apurou que se trata de Ricardo Costa, que sofreu ferimentos considerados ligeiros.

A mobilização para o local dos bombeiros de Pontevedra e de Ribadumia, de um helicóptero médico e da Proteção Civil não chegou para salvar a vida de Víctor Magariños, que ficou preso dentro do carro e teve de ser libertado pelos operacionais da corporação de Pontevedra, acabando por morrer.

Segundo a Guardia Civil de Trânsito, que também esteve no terreno, além da vítima mortal, duas outras pessoas ficaram feridas no impacto frontal e uma terceira saiu ilesa.

Natural de Pintos (Marcón, Pontevedra), o piloto Víctor Magariños era conhecido tanto pela participação em ralis como pelo papel desempenhado na divulgação do mundo do automobilismo e da competição ao grande público. Também um conhecido empresário da região, dono de uma oficina automóvel em Pontevedra, ia participar no evento do próximo fim de semana com o co-piloto Juan Carlos Asorey.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG