Canoagem

Pimenta e Portela nas "meias" de K1 500 e Hélder Silva nas de C1 200

Pimenta e Portela nas "meias" de K1 500 e Hélder Silva nas de C1 200

Depois de ter garantido a final de K1 1000 metros, o português Fernando Pimenta não conseguiu o acesso direto à de K1 500 e vai ter de disputar as meias-finais da prova dos Europeus de Munique, pois o vice-campeão olímpico de K1 1000 venceu a série e agarrou a vaga disponível. Hélder Silva vai disputar as "meias" C1 200, assim como Teresa Portela, em K1 500.

Quando percebeu que dificilmente ganharia, Pimenta, que já tinha feito duas provas esta manhã, os K1 e K2 1000 metros, serenou e concluiu o desempenho em quarto lugar, a 3,205 segundos de Adam Varga (1.41,027), prata em Tóquio2020 na prova em que o limiano foi bronze.

Esta manhã, Pimenta, que compete em quatro eventos em Munique, já tinha garantido o acesso direto à final dos olímpicos K1 1000 metros, mas, no barco com João Duarte, vai ter de passar pelas "meias" de K2 1000. No sábado disputa a final direta de K1 5000.

PUB

O português disputa a meia-final de K1 500 esta tarde, às 15.45 horas.

Já Hélder Silva vai disputar as meias-finais da prova de C1 500, depois de se classificar no sexto lugar na eliminatória.

Sem aspirações a agarrar a única vaga disponível para a regata decisiva, o GNR apenas geriu a presença na meia-final, concluindo o desempenho a 10,584 segundos do moldavo Serghei Tarnovschi, vencedor em 1.50,452 minutos.

Na sexta-feira, às 10.25 horas, o canoísta disputa a meia-final, na qual procurará a presença na prova das medalhas, possível para os três primeiros.

Helder Silva vai competir ainda em C1 200, a sua especialidade, distância na qual foi olímpico no Rio2016, mas que entretanto saiu do programa dos Jogos.

Em femininos, Teresa Portela falhou o acesso direto à final do K1 500 metros, garantido apenas pela vice-campeã do mundo, Anamaria Govorcinovic.

A croata que há uma semana e meia garantiu a prata nos mundiais do Canadá, superiorizou-se em 1.54,040 minutos, deixando Portela, 10.ª em Halifax, a 923 milésimos de segundo.

Teresa Portela, que tem a meia-final na sexta-feira às 16:30, horas de Lisboa, com três vagas disponíveis para a regata das medalhas, vai competir ainda em K1 200, prova não olímpica.

A segunda edição dos campeonatos Europeus multidesportos está a decorrer em Munique até domingo e reúne nove modalidades, estando Portugal representado em sete, nomeadamente atletismo, canoagem, ciclismo, ginástica artística, remo, ténis de mesa e triatlo.

A seleção portuguesa conquistou três medalhas até ao momento, duas de ouro, através de Pedro Pablo Pichardo, no triplo salto, e de Iúri Leitão, no scratch do ciclismo de pista, e uma de prata, por Auriol Dongmo, no lançamento do peso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG