F. C. Porto

Pinto da Costa feliz pelos dois mil jogos como líder do Dragão

Pinto da Costa feliz pelos dois mil jogos como líder do Dragão

A receção do F. C. Porto ao Marítimo representa o jogo dois mil de Pinto da Costa na presidência dos dragões e o histórico dirigente mostrou-se bastante satisfeito por atingir uma marca tão emblemática.

"São 2000 jogos e importa é que vencemos uma grande percentagem deles, mas o mais importante de todos é o de hoje. É o que temos de vencer. Contámos sempre, nos meus 2000 jogos, com o apoio dos adeptos e tenho a certeza que é o que vai acontecer hoje", frisou o dirigente, de 84 anos

Pinto da Costa alcançou a marca histórica dos dois mil encontros em todas as provas desde que foi empossado pela primeira vez como 33.º presidente da história dos dragões, em 23 de abril de 1982, contando 1.357 vitórias, 361 empates e 281 derrotas, que proporcionaram a conquista de 67 títulos - sete internacionais e 60 no plano interno.

"Queria aproveitar para agradecer aos que, durante estes 2000 jogos, como técnicos ou jogadores, fizeram com que o F. C. Porto vencesse tantos títulos e tivesse hoje a projeção que tem. Foi graças a eles, e foram muitos durante estes anos, que vencemos e é com o treinador, jogadores e o apoio da massa associativa que hoje vamos vencer", afiançou.

Manifestando "respeito e admiração" pelos que "lutaram e dignificaram o nome" do clube, o mais antigo e titulado dirigente do futebol mundial no ativo admitiu estar a viver um dia especial, mas salientou que hoje só a vitória da equipa interessa, na receção ao Marítimo.

"No F. C. Porto, toda a gente trabalha no dia a dia como se não tivesse havido vitórias no passado. Trabalhamos a pensar nas vitórias do futuro, na vitória de hoje, na vitória de amanhã da equipa B [frente ao Sporting da Covilhã, na ronda inaugural da Liga 2], como sempre. Esse espírito é o de todos e de dragão", terminou Jorge Nuno Pinto da Costa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG