Futebol

Pinto da Costa: "Já vi o F. C. Porto ser enterrado muitas vezes por quem nos quer mal"

Pinto da Costa: "Já vi o F. C. Porto ser enterrado muitas vezes por quem nos quer mal"

O presidente do F. C. Porto afirmou, este sábado, que o caminho para a conquista do título nacional "ainda é longo" e recordou as eleições do último fim de semana.

"Sou presidente do F. C. Porto há 38 anos e já vi o nosso clube ser enterrado muitas vezes por quem nos quer mal. Costuma ser bom sinal. De cada vez que isso acontece, respondemos com força e suscitamos ainda mais razões para continuarmos a ser invejados. Foi o que aconteceu nas últimas semanas" começou por dizer o líder do clube azul e branco no editorial da revista "Dragões", recordando o ato eleitoral do passado fim de semana, que a Lista A venceu, elogiando os sócios do F. C. Porto.

"As eleições que se realizaram a 6 e 7 de junho foram um momento espantoso. O civismo dos sócios, a mobilização impressionante, o brilho da organização, a forma como os vencedores e os vencidos lidaram com os resultados, a direção dos trabalhos pelo conselheiro superior Matos Fernandes...Tudo contribuiu para mostrar que o F. C. Porto está bem vivo".

A equipa azul e branca é líder isolado da Liga, com mais dois pontos do que o rival Benfica, e vai ainda disputar a final da Taça de Portugal. Pinto da Costa recordou ambas as competições, sublinhando que, até à conquista do título nacional, o caminho "ainda é longo".

"As duas provas que estamos a disputar não estão decididas, e no caso do campeonato sabemos que o caminho ainda é longo. Sabemos que por vezes há obstáculos que temos de enfrentar além dos nossos adversários. Mas não deixaremos de lutar contra tudo e contra todos. Foi sempre esse o nosso percurso. E é por isso que o F. C. Porto de hoje é tão diferente do que existia a 25 de abril de 1974"

Outras Notícias