FCP

Pinto da Costa "muito feliz" com título não poupa elogios aos jogadores

Pinto da Costa "muito feliz" com título não poupa elogios aos jogadores

Pinto da Costa desceu a Alameda das Antas a pé entre o mar de gente que "inundou" as imediações do Estádio do Dragão. Confessou estar muito feliz com o título de bicampeão e não poupou elogios aos jogadores: "São verdadeiros jogadores à Porto".

Pinto da Costa, que festejou recentemente 30 anos de presidência do F. C. Porto, atravessou toda a Alameda das Antas a pé entre a sua casa e o Estádio do Dragão, entre milhares de adeptos que o rodearam, o abraçaram e beijaram ao som de cânticos festivos.

Já na varanda do Estádio do Dragão, Pinto da Costa confessou, em declarações em direto ao Porto Canal, que o 26º título de campeão nacional é "especial". "O último [título] é sempre especial e foi merecidíssimo, foi conseguido com muito trabalho", declarou.

De acordo com o líder portista, o título explica-se pela forma como os jogadores encararam os grandes jogos: "Estes jogadores têm um grande caráter e nos grandes momentos não faltam. Nos momentos decisivos dizem presente, são jogadores à Porto".

"É um prazer e uma honra dirigir este clube, que tem tanta gente sempre disponível para proporcionar noites como esta aos portuenses", frisou Pinto da Costa, acrescentando: "Felizmente, temos vivido muitas ocasiões como esta".

Em seguida, o dirigente portista fez questão de cumprimentar e dar os parabéns aos membros do plantel. Depois houve um abraço a Vítor Pereira. "Obrigado por tudo presidente", declarou o treinador.

O líder portista foi claro: "Quando confiamos uns nos outros, seguimos o nosso caminho e, obstinadamente, vamos conseguindo os nossos objetivos".

O campeonato está ganho, mas ainda não acabou, lembrou. "O futebol é uma coisa muito séria. O F.C. Porto dá sempre o máximo. Há que respeitar os interesses dos outros. Não vamos jogar com a pressão de outros jogos, como na Madeira e Braga, mas com toda a seriedade", concluiu.

Outros Artigos Recomendados