Desporto

Pinto da Costa "muito sensibilizado" com elogios do presidente da Colômbia

Pinto da Costa "muito sensibilizado" com elogios do presidente da Colômbia

O presidente do F. C. Porto, Pinto da Costa, disse, esta quarta-feira, estar "sensibilizado" com os elogios do presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, proferidas durante a visita do Chefe de Estado de Portugal àquele país.

"Fiquei muito sensibilizado pelo facto do Presidente da República [da Colômbia], Juan Manuel Santos, ter palavras de referência e elogio ao F. C. Porto. Não estamos habituados a receber palavras destas dos responsáveis portugueses", afirmou Pinto da Costa, em nota divulgada na página oficial dos "dragões" na internet.

Reforçando o momento "feliz" que viveu ao tomar conhecimento das declarações do "presidente de um país estrangeiro, mas amigo", Pinto da Costa sublinhou: "Saber que temos quase 100 mil seguidores colombianos no Facebook e que Bogotá é a terceira cidade do mundo na rede social alegra-me muito".

"Isso é reflexo do realce que tiveram no F. C. Porto alguns jogadores, como o Falcao e o Guarín, e também os que atualmente vestem as nossas camisolas: o James, o Jackson e o Quiñones", realçou o dirigente portista.

O F. C. Porto, representado na comitiva que acompanha Cavaco Silva na visita de Estado à Colômbia, foi motivo de discurso de boas-vindas, proferido por Juan Manuel Santos, que destacou o clube pela "projeção" daqueles jogadores sul-americanos.

"Pode ser que, da mesma forma que eu fiquei feliz, os nossos governantes, mesmo os que não tenham ficado felizes, abram os olhos e vejam a importância que o futebol pode ter, sobretudo na aproximação dos povos", afirmou Pinto da Costa.

A nota dos "dragões" deixa a "porta aberta" à realização de eventos com a participação do F. C. Porto, "já definidos ou ainda em fase de projeto".

PUB

"A Colômbia é um país em progresso, onde se adora futebol, desde o presidente a qualquer cidadão. Ter esta ligação e aproveitar esta empatia entre os dois povos e entre o nosso clube e o povo colombiano é importante", concluiu o dirigente portista, que hoje celebra o 31.º aniversário da sua primeira eleição.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG