Futebol distrital

Póquer de João Garcês vale all-in na A. F. Porto

Póquer de João Garcês vale all-in na A. F. Porto

Com quatro golos na vitória do Alpendorada, na receção ao Alfenense (6-1), João Garcês deixa o clube marcuense muito perto de garantir a passagem ao apuramento de campeão, da Divisão de Elite. Ao momento é vice-líder da lista de marcadores, com nove tentos.

A aventura no mundo futebolístico começou em tenra idade, quando ainda só contava oito anos e acompanhava a mãe no trabalho como feirante, entretendo-se a dar chutos na bola. Daí seguiu para as camadas jovens do Vila Meã, clube onde esteve durante onze temporadas, à exceção de uma curta passagem por Penafiel, tendo inclusive feito a estreia pelos seniores (2015/16). Antes chegou a treinar no Sporting e F. C. Porto, mas não passou as primeiras fases de seleção.

Esteve durante três épocas seguidas no plantel principal do Vila Meã, até que, em 2019/20, seguiu para Alpendorada. "O Vila Meã é o meu clube do coração, mas, neste momento, não trocava o Alpendorada por nenhum clube da Divisão de Elite, gosto muito de cá estar", explica João Garcês.

O recente amor ao clube tem resultado numa ligação feliz, uma vez que Garcês está a ter dos melhores arranques da carreira. Prova disso é o encontro entre os marcuenses e o Alfenense, onde o avançado teve uma prestação inesquecível, contribuindo com um póquer para o triunfo gordo da equipa (6-1). Foram todos golos simples, mas Garcês tem preferência pelo segundo. "O meu colega teve um belíssimo trabalho pela ala, chegou à linha e cruzou. Aí apliquei um pontapé à meia-volta, que só parou no fundo das redes", conta.

Esta nem sequer foi a primeira vez que marcou quatro golos pois, em 2018/19, cumpriu a mesma proeza no encontro com o Vilarinho. Carpinteiro de profissão os sonhos ainda são os mesmos de menino: chegar à Liga. Mas ciente das dificuldades de conseguir, aos 23 anos, subir tantos patamares sabe que será complicado realizar os objetivos e já se contentava em chegar aos campeonatos nacionais.

Esta missão poderá não estar muito longe, uma vez que a faltar três jogos para a segunda fase da Divisão de Elite, o Alpendorada segue em primeiro, com 34 pontos, numa altura em que só faltam três jogos. O Campeonato de Portugal está "já ali" tão perto.

Um amante de golos, tem no norueguês Haaland o ídolo, pela sua capacidade física e finalizadora, mas sabe que só poderá equiparar-se ao seu herói com muita "capacidade de trabalho". Por agora, está a ser decisivo para a boa prestação do emblema do Marco de Canaveses, pois é o melhor marcador, a par de Rick (Sobrado) da Série 3, com nove golos.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG