Hóquei em patins

Portistas criticam "rol de decisões incompreensíveis sempre em prejuízo da mesma equipa"

Portistas criticam "rol de decisões incompreensíveis sempre em prejuízo da mesma equipa"

Na newsletter Dragão Diário, os azuis e brancos apontam o dedo à dupla de árbitros do jogo com o Óquei de Barcelos, que perderam por 5-4.

"Um rol de decisões absolutamente incompreensíveis e sempre em prejuízo da mesma equipa". Esta é a avaliação feita pelo F. C. Porto à arbitragem do jogo frente ao Óquei de Barcelos, refere à 14.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins, em que os portistas foram derrotados por 5-4.

Apontando o dedo à dupla de árbitros formada por Rui Torres e Sílvia Coelho, os azuis e brancos criticam a marcação de um "livre direto verdadeiramente inacreditável para os minhotos com pouco mais de um segundo para jogar". "Face à conversão do mesmo, os Dragões já não tiveram tempo para reagir", pode ler-se na newsletter Dragões Diário desta segunda-feira.

Recorde-se que, ontem, após o jogo, o treinador do F. C. Porto, Ricardo Aires, comentou que os seus jogadores se sentiam "roubados, porque foi isso que aconteceu". "Estamos tristes, porque não quiseram que o F. C. Porto ganhasse. Vamos continuar a ganhar contra isso e contra todas as adversidades que nos aparecerem pela frente", atirou o técnico.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG