Desporto

Portugal-Argentina vai render 750 mil euros à Federação

Portugal-Argentina vai render 750 mil euros à Federação

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) vai receber 750 mil euros pelo particular frente à Argentina, valor assegurado pela Gama Sports, que distribui igual montante pelos sul-americanos. Uma importante bolsa de ar financeira para Madail.

O custo total da partida, que vai colocar frente-a-frente Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, será de 4,2 milhões de euros, apurou o JN. Números muito altos, mas que ilustram a complexidade da organização do jogo. Entre o aluguer do Estádio de Genebra, pagamento de deslocações e hotéis das equipas, além da segurança e dos impostos, os valores sobem para somas pouco comuns.

Para a Federação, é um excelente negócio. Além das grandes competições (Mundiais e Europeus), os jogos particulares são a única bolsa de ar financeira. Dinheiro que serve para alimentar a estrutura do organismo, principalmente os escalões das selecções jovens, que não apresentam rendimentos.

A empresa Gama Sport, sediada na Suíça, está ligada ao futebol português. Organiza, por exemplo, há mais de dez anos os estágios de pré-temporada do Benfica e, já se sabe, alguns amigáveis da selecção. Em Fevereiro de 2008, organizou o Portugal-Itália, realizado em Zurique. Um jogo ainda mais difícil de planificar, dado o elevado número de adeptos dos dois países presentes na cidade.

A euforia acolheu ontem, ao final da tarde, o primeiro treino dos jogadores da selecção. Cerca de cinco mil emigrantes portugueses, encheram, por completo, o pequeno recinto do Meyrin FC, nos arredores de Genebra. Como é habitual, Cristiano Ronaldo foi o mais aclamado, havendo gritos de histeria sempre que passava perto das bancadas. Infelizmente para os nossos adeptos, o madeirense esteve pouco tempo no relvado. Apenas 20 minutos, o suficiente para efectuar várias corridas.

Eduardo, Ventura, Rui Patrício, Bruno Alves, Bosingwa, João Moutinho, Paulo Machado, Raul Meireles, Hugo Almeida e Nani acompanharam-no, pois tinham participado em jogos dos seus clubes na véspera ou encontravam-se com fadiga muscular.

Rolando e Ricardo Costa foram os ausentes. O central do F. C. Porto está com febre e ficou nos balneários. Ricardo Costa, que substitui o lesionado Ricardo Carvalho (mazela na coxa esquerda), era apenas esperado ontem após o jantar, na Suíça.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG