Futebol

Portugal joga decisões dos play-off no Estádio do Dragão

Portugal joga decisões dos play-off no Estádio do Dragão

Portugal defronta a Turquia nos play-off para o Mundial 2022 no Estádio do Dragão onde, caso vença, disputa também a final dessa fase, perante Itália ou Macedónia do Norte, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O embate do onze comandado por Fernando Santos frente à seleção turca, agendado para 24 de março de 2022, marca o regresso da equipa das quinas a casa do F. C. Porto, desde a goleada imposta à Croácia (4-1), em 05 de setembro de 2020, na fase de grupos da Liga das Nações.

Caso vença a Turquia, Portugal segue para a final do caminho C dos play-off, defrontando, também no Estádio do Dragão, num encontro agendado para 29 de março de 2022, o vencedor do embate entre a Itália, campeã da Europa, e a Macedónia do Norte.

O campeonato do mundo de 2022 vai ser disputado no Qatar, entre 21 de novembro e 18 dezembro do próximo ano.

Desde 16 de novembro de 2003, data da inauguração do Estádio do Dragão, Portugal já disputou 11 encontros no recinto azul e branco, entre os quais o jogo inaugural do Euro 2004, no qual foi derrotado pela Grécia, por 2-1, e a final da Liga das Nações, que conquistou, em 09 de junho de 2019, frente aos Países Baixos (1-0).

Esse triunfo, selado com um golo de Gonçalo Guedes, foi recordado pelo presidente do F.C. Porto, Pinto da Costa, em declarações à FPF.

"É com prazer e total apoio que o F. C. Porto cede o Estádio do Dragão para os jogos dos play-off' de acesso ao Mundial do Qatar. Que o Dragão empurre a seleção para a vitória, como fez na conquista da Liga das Nações", vincou o líder 'azul e branco'.

PUB

Também em declarações à FPF, o presidente da Associação de Futebol do Porto (AFP) destacou o "regresso" da seleção lusa ao Estádio do Dragão, assumindo a confiança na qualificação para o Mundial 2022.

"Como presidente da AFP é com enorme orgulho e satisfação que verifico o regresso da seleção nacional à nossa casa. As seleções portuguesas têm sempre a porta aberta para jogarem no distrito do Porto. Estou certo de que, com as tradições de bem receber da nossa gente, não faltará apoio aos nossos jogadores e à nossa equipa para seguirmos em frente nos 'play-off' e darmos os passos necessários para estarmos no Mundial. O objetivo é comum e estou seguro de que vamos conseguir", afirmou José Neves.

Com uma capacidade a rondar os 50 mil espetadores, o Estádio do Dragão recebeu ainda a final da Liga dos Campeões de 2020/21, vencida pelo Chelsea frente ao Manchester City, por 1-0.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG