Futebol

Portugal tem "combinação perfeita entre juventude e experiência", diz selecionador sérvio

Portugal tem "combinação perfeita entre juventude e experiência", diz selecionador sérvio

Dragan Stojkovic, selecionador da Sérvia, anotou esta sexta-feira que Portugal tem uma "combinação perfeita entre juventude e experiência", mas garantiu que quer vencer o jogo de sábado, da segunda jornada do Grupo A de qualificação para o Mundial2022.

"Para muitos, Portugal é a melhor seleção do mundo. É o atual campeão da Europa, tem uma combinação perfeita entre juventude e experiência, no aspeto individual e coletivo. É verdade que perdemos os últimos dois jogos aqui [em Belgrado], mas vamos fazer de tudo para ganhar", disse Dragan Stojkovic, durante a conferência de imprensa virtual de antevisão, reconhecendo, contudo, que "não vai ser um jogo fácil".

Stojkovic assumiu o comando da Sérvia a 3 de março e fará o segundo jogo ao leme da seleção contra Portugal, no sábado, depois de ter conseguido uma estreia vitoriosa no jogo da ronda inaugural, diante da República da Irlanda (3-2), após reviravolta.

O técnico, de 56 anos, teceu elogios também ao homólogo Fernando Santos, "um dos selecionadores mais experientes do mundo e que gere a seleção lusa de uma forma brilhante".

Todos os jogos do agrupamento são "igualmente importantes", segundo Stojkovic, rejeitando, por isso, a ideia de que se trata de um "jogo crucial" diante do campeão europeu.

"Não acho que o jogo seja crucial, todos os jogos do apuramento são igualmente importantes. Arrancámos bem com a Irlanda, foi difícil e, sim, foi muito importante o arranque positivo. Agora, só pensamos em Portugal, é um novo jogo e uma nova oportunidade", justificou.

O selecionador sérvio, que jogou ao lado dos antigos futebolistas lusos Paulo Futre e Rui Barros, no Marselha, na temporada de 1993/94, adiantou que "a equipa titular no sábado será diferente daquela que jogou com a Irlanda" e disse acreditar que também haverá mudanças no "onze" de Fernando Santos.

PUB

Por fim, deu o mote para tentar bater pela primeira vez Portugal, que até agora nunca se tinha cruzado no caminho dos sérvios em fases de apuramento para campeonatos do mundo: "Acredito no nosso espírito coletivo, na nossa força e vamos estar focados no nosso jogo e estratégia".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG