Andebol

Portugal vence a França nos últimos segundos e garante lugar nos Jogos Olímpicos

Portugal vence a França nos últimos segundos e garante lugar nos Jogos Olímpicos

A seleção nacional venceu (29-28), este domingo em Montpellier, a França no terceiro e último jogo do torneio pré-olímpico e conseguiu o feito inédito de garantir a presença nos Jogos Olímpicos, no Japão.

Uma vitória épica, num jogo épico. Depois das participações históricas no último Europeu e Mundial, a seleção nacional de andebol voltou a fazer história. Desta vez, conseguiu o feito inédito de assegurar um lugar nos Jogos Olímpicos depois de vencer a poderosa França no último jogo do torneio pré-olímpico.

Após o triunfo diante da Tunísia e a derrota frente à Croácia, Portugal estava obrigado a levar a melhor sobre os gauleses, mas o jogo não começou de feição - bem longe disso - para os "heróis do mar". A equipa de Paulo Pereira chegou a estar a perder por seis golos, aos 7-2 e 9-3, mas foi recuperando e chegou ao intervalo com apenas um tento de desvantagem.

Na segunda parte, com muito equilíbrio e emoção à mistura, a equipa de Paulo Pereira esteve sempre na luta pelo resultado, com sucessivas igualdades no marcador. Portugal perdia por quatro golos (25-28) a quatro minutos do fim, mas conseguiu virar o jogo de uma forma brilhante, com Rui Silva a ser o herói do jogo ao marcar o golo que deu a vitória histórica a Portugal no último segundo. Apesar do desaire, os franceses também asseguraram um lugar nos Jogos Olímpicos.

Depois de soar a buzina, a festa foi portuguesa. À falta de palavras, houve abraços. E Alfredo Quintana, falecido em fevereiro, não foi esquecido. António Areia não conteve as lágrimas e Paulo Pereira agradeceu ao eterno guarda-redes. "Não conseguimos isto sozinhos. Quero agradecer também ao Quintana".

"Por ti, por Portugal". Valentes, guerreiros e heróis. A memória de Quintana foi honrada.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG