O Jogo ao Vivo

Jogos Paralímpicos

Português David Grachat fora da final dos 400 metros livres S9

Português David Grachat fora da final dos 400 metros livres S9

O nadador português David Grachat ficou, esta quarta-feira, fora da final dos 400 metros livres S9 dos Jogos Paralímpicos Tóquio2020, ao conseguir o 10.º tempo das eliminatórias, 4.27,96 minutos.

Grachat, que soma nos Jogos Tóquio2020 a quarta participação em competições paralímpicas, ficou abaixo da marca com a qual partiu para a eliminatória, fixada em 4.24,07.

O mais rápido das eliminatórias foi o australiano Alexander Tuckfield, que nadou a distância em 4.14,26 minutos, tendo o recordista mundial da distância, Brenden Hall, também da Austrália, conseguido o quarto tempo (4.19,30).

Grachat garantiu ter "dado o que tinha e o que não tinha" na eliminatória dos 400 metros S9 dos Jogos Paralímpicos Tóquio2020, na qual falhou a presença na final. "Dei o que tinha e o que não tinha, mas não consegui apurar-me, sabia que era muito difícil. Nos últimos 50 metros não tive capacidade de arrancar", disse o nadador no final da prova, que concluiu com a marca de 4.27,96, a 10.ª melhor do conjunto das duas eliminatórias.

David Grachat, de 34 anos, admitiu saber à partida "que ia ser muito difícil" conseguir um resultado na final, agendada para a tarde e para a qual o australiano Alexander Tuckfield, que nadou a distância em 4.14,26 minutos, parte com o melhor tempo. "Cheguei aqui com o 11.º tempo do 'ranking' mundial, sabia que ia ser muito complicado", afirmou o nadador, que em 2017 foi vice-campeão mundial da distância, depois de ter sido sexto classificado nos Jogos Londres2012 e oitavo no Rio de Janeiro, em 2016.

Grachat, que soma a quarta participação em Jogos Paralímpicos e não vai disputar mais provas em Tóquio, admitiu ainda não ter pensado no futuro da carreira. "Vou sentar-me com o meu treinador e vamos conversar. Mais tarde, de cabeça fria, irei pensar se vou continuar, ou se termino a carreira", disse.

Grachat, o único dos seis nadadores que representam Portugal em Tóquio2020 com experiência em Jogos Paralímpicos, mostrou-se orgulhoso com o rejuvenescimento da equipa e admitiu que "gostaria de ter conseguido um resultado melhor pelos mais novos". "A equipa é muito jovem, eu sou o veterano. Fico triste por não ter conseguido um bom resultado, também por eles, porque acho que mereciam ver-me chegar à final", referiu.

PUB

Portugal está representado nos Jogos Paralímpicos Tóquio2020 por 33 atletas, de oito modalidades, entre os quais seis nadadores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG