Desporto

Portuguesa foi a única a completar a Maratona da Grande Muralha da China

Portuguesa foi a única a completar a Maratona da Grande Muralha da China

A atleta amadora portuguesa Filipa Elvas foi a única mulher a completar a edição deste ano da "Maratona da Grande Muralha", uma das mais difíceis provas do género disputadas na quarta-feira nos arredores de Pequim.

"Nunca fiz uma coisa fisicamente tão violenta como esta!", contou hoje à agência Lusa Filipa Elvas, tripulante da TAP, nascida há 37 anos em Lisboa.

Com a bandeira de Portugal nas costas, Filipa Elvas correu durante 7 horas e 50 minutos, num percurso de 45 quilómetros, com 20 mil degraus e rampas muito inclinadas.

PUB

Dos 140 atletas de dezenas de países inscritos, entre os quais trinta mulheres, apenas 15 chegaram ao fim dentro do limite de tempo estipulado pelos organizadores da prova (oito horas).

O outro português inscrito, e que é tambem tripulante da TAP, Álvaro Leite, ficou em 4.º lugar.

"O mais importante é conseguirmos ultrapassar os nossos limites", disse Álvaro Leite, um especialista do triatlo, nascido há 41 anos no Porto.

A Maratona da Grande Muralha da China disputa-se desde 1999.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG