Sporting - Marítimo

Pote fecha a época dos leões em beleza

Pote fecha a época dos leões em beleza

Pedro Gonçalves contribui com hat-trick para a goleada ao Marítimo e vence prémio de melhor marcador da Liga.

Na partida que fechou o campeonato de 2020/21, o Sporting goleou o Marítimo, por 5-1, em Alvalade mas para os leões, mais importante do que conquistar os três pontos, foi a consagração de Pedro Gonçalves como o melhor marcador da Liga. O médio respondeu à altura ao bis conseguido por Seferovic, do Benfica, em Guimarães, com dois golos marcados aos insulares, em apenas 20 minutos. Na segunda parte, fez o terceiro, que o fez descolar do suíço no topo da lista. Um fim de época inesquecível para o ex-jogador do Famalicão.

Relativamente à partida, disputada na sua maioria em ritmo de treino, serviu essencialmente para Ruben Amorim dar minutos aos menos utilizados e, também, para dois jogadores se sagrarem campeões nacionais. André Paulo e Tomás Silva entraram na segunda parte, altura em que a vitória já estava no bolso dos leões. Por seu lado, João Pereira, que ontem disputou a última partida na carreira, foi ovacionado pelos colegas quando foi substituído e saiu emocionado.

O jogo acabou por ser muito fácil para o Sporting, por mérito seu mas também devido a muitos erros do conjunto de Julio Velázquez. Aos sete minutos, Pedro Gonçalves abriu a contagem, após excelente passe de Jovane, e, pouco depois, voltou a marcar, após de um remate de Daniel Bragança ao poste. A seguir, o momento burlesco da noite: Karo atrasou a bola para Charles e o guardião deixou-a escapar. Após o intervalo, mais dois golos, por Pote e por Plata, que, com um chapéu, deslumbrou Alvalade. O tento de honra do Marítimo foi de Beltrame.

POSITIVO: Pedro Gonçalves brilhou num duelo em que Jovane e Gonzalo Plata também estiveram acima dos colegas. O equatoriano assinou o melhor golo da noite.

NEGATIVO: Noite negra para o guarda-redes Charles. No segundo golo, um mau alívio colocou a bola nos pés de Daniel Bragança e um frango caricato originou o terceiro.

ÁRBITRO: Golo bem anulado ao Marítimo na primeira parte, por fora de jogo de Alipour. No capítulo disciplinar, o juiz revelou acerto em todas as decisões.

PUB

Veja o resumo:

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG