Futebol

Premier League com braçadeiras pretas em homenagem a Sala

Premier League com braçadeiras pretas em homenagem a Sala

Os futebolistas da Liga inglesa de futebol vão utilizar nesta jornada, entre sábado e segunda-feira, braçadeiras pretas, em homenagem a Emiliano Sala, que morreu num acidente de avião em 21 de janeiro.

"Fumos negros serão usados este fim de semana por todas as equipas da 'Premier League', em honra de Emiliano Sala", refere um comunicado do organismo inglês de futebol.

A decisão surge um dia depois de as autoridades terem revelado que o corpo resgatado dos destroços da aeronave, encontrados no fundo do Canal da Mancha, a cerca de 20 quilómetros a norte de Guernsey, é do futebolista.

A Liga inglesa decidiu também que será cumprido um minuto de silêncio a anteceder o jogo de sábado entre o Southampton e o Cardiff, clube pelo qual Sala tinha assinado e para onde se deslocava quando o avião em que seguia se despenhou.

O avião que transportava Emiliano Sala, de 28 anos, desapareceu dos radares em 21 de janeiro, quando o futebolista e o piloto David Ibbotson, de 59 anos, desaparecido, seguiam viagem de Nantes para Cardiff, onde o atleta era esperado no dia seguinte para treinar.

Os destroços da aeronave que transportava o jogador, transferido por 17 milhões de euros, foram localizados no domingo por uma equipa de busca privada comandada pela família do jogador argentino e, no dia seguinte, um corpo foi localizado.

O argentino tinha iniciado a carreira nos portugueses do F. C. Crato e representou também o Bordéus, o Orleáns, o Chamois Niortais, o Caen e o Nantes.

O atleta tinha sido treinado por Sérgio Conceição, atual técnico do F. C. Porto, na sua passagem pelo Nantes, no qual foi companheiro de Sérgio Oliveira, e também por Miguel Cardoso, atual técnico do Celta de Vigo, mas que iniciou a época no clube francês.

Outros Artigos Recomendados