Prémio

Prémio "Bidão de Ouro" atribuído ao argentino Diego Milito do Inter

Prémio "Bidão de Ouro" atribuído ao argentino Diego Milito do Inter

O "Bidão de Ouro" 2011, que é atribuído à maior decepção futebolística do ano em Itália, foi atribuída este domingo ao argentino Diego Milito do Inter de Milão, que nunca jogou ao nível da histórica temporada de 2009/10.

Milito foi um dos heróis da fabulosa campanha do Inter, sob o comando de José Mourinho, ao marcar um golo decisivo para a conquista do "scudetto", um golo na final da Taça de Itália e dois golos na final da Liga dos Campeões, na vitória sobre o Bayern de Munique, por 2-0, no Santiago Bernabéu.

No entanto, após esse sucesso e a saída de José Mourinho, Milito nunca mais voltou a atingir o nível dessa época, nem tão pouco a aproximar-se, a ponto de ter recolhido o maior número de votos recolhidos pela Internet e em quarenta urnas espalhadas por Itália, numa iniciativa levada a efeito, este domingo, pela Rádio 2.

O internacional argentino sucede ao brasileiro Adriano, que "venceu" o prémio em 2010, depois de ter regressado ao futebol italiano para representar a AS Roma, repetindo os "triunfos" de 2006 e 2007, quando estava ao serviço do Inter de Milão.

Outros Artigos Recomendados