Futebol

Presidente do Boavista suspenso por 15 dias

Presidente do Boavista suspenso por 15 dias

Vítor Murta foi suspenso por 15 dias, por protestos contra a equipa de arbitragem na partida com o Gil Vicente, anunciou este sábado o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol.

No final do encontro, que os axadrezados perderam por 2-1, Vítor Murta dirigiu-se, de acordo com comunicado do CD, à equipa de arbitragem, dizendo: "mas o que é isto, não viste a falta, é incompetência?".

Além da suspensão, o presidente do Boavista terá de pagar uma multa de 561 euros.

Também por protestos, Marco Leite, treinador adjunto do Farense, foi suspenso por 15 dias e terá de pagar uma multa de 2142 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG