Futebol

PSP fala em "dispositivo apropriado à situação" para final da Champions

PSP fala em "dispositivo apropriado à situação" para final da Champions

A comandante da Polícia de Segurança Pública (PSP) do Porto considerou, esta sexta-feira à tarde, "apropriado" o dispositivo montado para a final da Liga dos Campeões.

"Temos um dispositivo de segurança montado. Os ingleses que nos visitaram, quer sejam adeptos ou não, são livres de frequentarem as nossas esplanadas e é isso que temos visto. Há um acréscimo de ingleses porque vêm ver o jogo. mas tem tudo decorrido dentro da normalidade, frequentam as esplanadas e a cidade do Porto", anotou a comandante da PSP do Porto.

E prosseguiu: "É uma grande operação de segurança, neste momento temos como grande prioridade a segurança, a ordem pública e as regras covid-19. Sensibilizamos as pessoas para o fazerem, mas o facto de estarem a consumir, a comer ou a beber, podem não estar com máscara".

Paula Penedo não se mostrou surpreendida com a quantidade de britânicos que inundaram as ruas da Invicta e não grande relevo aos incidentes na noite anterior.

"Sabíamos o número de adeptos ingleses que iam chegar, temos isso previsto, temos o nosso policiamento adequado ao número de pessoas que nos vão visitar nestes dias. Ontem [quinta-feira] houve uma escaramuça, é verdade. Isso é inevitável e poderá acontecer, mas estamos preparados para isso, temos um forte dispositivo policial. Temos reforços de todo o país, inclusive da UEP, que veio reforçar o comando do Porto, temos a colaboração da Polícia Municipal do Porto. Estamos com um dispositivo apropriado a esta situação", salientou a responsável pelo Comando do Porto.

Por seu lado, Lysander Strong, superintendente da Polícia Metropolitana de Londres, que viajou para o Porto a fim de acompanhar os adeptos, realçou que estes "tiveram de exibir testes PCR negativos para poderem entrar no avião e vir para Portugal".

"Vai haver ecrãs gigantes nas 'fan zones' de cada clube para os simpatizantes que não tiverem bilhete poderem assistir à partida", acrescentou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG