Futebol

Público em jogo-treino do Fermentelos levou GNR ao estádio

Público em jogo-treino do Fermentelos levou GNR ao estádio

Direção do clube de Águeda diz que a situação durou poucos minutos. GNR foi alertada mas já não encontrou espectadores no recinto.

Dezenas de pessoas assistiram na noite da passada sexta-feira a parte do jogo-treino entre o Sporting Clube de Fermentelos, equipa da divisão de elite da Associação de Futebol de Aveiro, e os sub-23 da Académica de Coimbra, em Fermentelos (Águeda). Segundo apurou o JN, a presença de público nas bancadas, proibida devido à pandemia, surpreendeu a Direção do clube, que apelou através da instalação sonora para a retirada dos adeptos do clube da casa, mas até que tal tenha acontecido decorreu uma parte do jogo, "10 a 15 minutos", disse o presidente do Fermentelos, Fernando Sampaio, ao JN.

A situação foi denunciada à GNR, mas quando os militares de Águeda chegaram ao campo, durante a segunda parte do encontro, "já todos os adeptos tinham saído do recinto", acrescentou Fernando Sampaio. O responsável do clube acredita que a denúncia à guarda tenha ocorrido pela presença de muitos carros nas imediações do estádio. Fernando Sampaio adiantou ainda que o clube não recebeu qualquer notificação da GNR relativamente a este caso. "Estiveram no campo, identificaram algumas pessoas, mas eram dirigentes e atletas da Académica", especificou.

Os adeptos entraram pelo bar, situado numa das extremidades do recinto mas com acesso ao campo, e parte deles tinha acabado de assistir à cerimónia da inauguração do novo relvado sintético e da iluminação do estádio do Sporting de Fermentelos. Um dos convidados foi o vice-presidente e vereador do Desporto da Câmara Municipal de Águeda, Edson Santos, que confirmou a presença de público nas bancadas, elogiando todavia a reação imediata da Direção ao pedir a retirada dos adeptos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG