Futebol

Quatro cartões brancos em louvor ao desportivismo

Quatro cartões brancos em louvor ao desportivismo

Fim de semana foi recheado de atos de fair-play. Jogadores do Grijó, Romariz, Arcozelo e Dragões Sandinenses enaltecidos por condutas eticamente corretas.

Quatro situações distintas, ocorridas no passado fim de semana,mas todas elas com um ponto em comum: gestos de fair-play que elevaram da melhor forma o desporto.

O jogo entre Benfica Gaia e o Dragões Sandinenses , em sub-9, ficou marcado por uma atitude nobre. Luca, do emblema de Sandim, depois de ver que o árbitro se tinha equivocado ao marcar pontapé de baliza, admitiu que tinha sido o último a tocar na bola e, por isso mesmo, recebeu o cartão branco.

Um ato replicado pelo juiz do Oliveira do Douro-Grijó, em benjamins sub-10, depois de Ignácio, do Grijó, ter parado um lance em que corria isolado para a baliza contrária, após ter visto um colega da equipa adversária caído no chão.

PUB

Também no Bougadense-Romariz existiu espaço para um cartão branco, depois dos visitantes terem igualado o número de jogadores do Bougadense (seis), que não tinha mais atletas disponíveis.

Em futsal, Pedro Canhola (Arcozelo) recebeu o reconhecimento depois de uma atitude humilde após ter sido expulso frente ao Matosinhos

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG