O Jogo ao Vivo

Desporto

Queixa contra Messi e o seu pai por fraude fiscal

Queixa contra Messi e o seu pai por fraude fiscal

A procuradoria da região espanhola de Barcelona apresentou uma queixa contra o futebolista do FC Barcelona Lionel Messi e contra o seu pai pelo alegado desvio de mais de quatro milhões de euros à Agência Tributária entre 2006 e 2009. Messi nega qualquer infracção e está "surpreso" com as acusações.

Segundo o processo, citado pela imprensa espanhola, a estratégia consistia, alegadamente, em simular ceder os direitos de imagem do avançado argentino a sociedades radicadas em paraísos fiscais (Belize e Uruguai).

Paralelamente, formalizava contratos de licença, agência ou prestação de serviços com outras empresas com sede em países como o Reino Unido e a Suíça.

PUB

As receitas do futebolista passavam assim destes países europeus para as sociedades com sede nos paraísos fiscais praticamente sem pagar impostos e com "total opacidade" relativamente à Fazenda Pública.

Messi nega acusações

O futebolista argentino Lionel Messi negou qualquer infração fiscal, manifestando-se "surpreso" com as acusações de fraude superior a quatro milhões de euros em conluio com o seu pai.

"Soubemos pelos Media das ações iniciadas pela Agência Tributária espanhola. Estamos surpresos, porque nunca cometemos qualquer infração", escreveu o melhor futebolista do Mundo.

Numa curta declaração no seu Facebook, em espanhol e inglês, Messi completou: "Sempre cumprimos com as nossas obrigações tributárias seguindo os conselhos dos nossos assessores fiscais, que se encarregarão de esclarecer a situação".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG