O Jogo ao Vivo

Desporto

Quique Flores nega contactos com Atletico Madrid

Quique Flores nega contactos com Atletico Madrid

Jorge Jesus negou saída para o Benfica, e sublinhou que "tudo passa pelo Braga", clube com quem tem mais um ano de contrato.

O treinador do Benfica elogiou a prestação dos seus jogadores na vitória de hoje (3-1) em Braga, que garantiu o terceiro lugar na liga de futebol, e desmentiu conversações com o Atlético de Madrid, de Espanha.

"Foi um jogo entre duas boas equipas e estivemos magníficos, com uma grande concentração e controlámos o Braga", considerou Quique Flores no final da partida, revelando que, "desde o primeiro minuto" sentiu "boas sensações" da equipa.

PUB

O treinador espanhol afirmou que o triunfo foi um "prémio justo" para o trabalho dos jogadores nas últimas jornadas e desvalorizou ainda a sua expulsão já no final do jogo: "não aconteceu nada, tive um comentário com o quarto árbitro e entenderam que seria expulso e assim foi", explicou.

Confrontado com uma notícia veiculada hoje pelo sítio do jornal desportivo espanhol "As", sobre a sua ida para Madrid, Quique Flores respondeu: "eu confirmo que sou uma pessoa muito respeitosa e que quando trabalho para uma equipa sou incapaz de ter uma conversa com qualquer dirigente de outra equipa. Sou assim, muito sério".

Já o treinador da equipa bracarense, disse que a história do jogo se resume "ao que normalmente o Braga não faz - não comete erros defensivos, e hoje teve dois lances que fizeram com que o Benfica ficasse em vantagem, sem fazer muito por isso, logo aos 15 minutos".

Para Jorge Jesus, o Benfica "teve a sorte do jogo" e depois geriu bem o resultado e quando, na segunda parte, o Sporting de Braga se preparava para tentar reduzir a desvantagem, surgiu novo erro a dar o terceiro golo aos "encarnados".

À 29ª jornada tivemos um dia que não costumamos ter. Já esperava este Benfica, mas não sabia é que o meu guarda-redes tivesse dois lances infelizes", disse ainda.

Sobre a queda para o quinto lugar, por troca com o Nacional, Jesus disse:  "ainda há a possibilidade de ficar em quarto lugar, tudo é possível, sabendo que temos dois jogos difíceis, nós no Dragão, com o FC Porto, e o Nacional em Alvalade, com o Sporting".

O treinador recusou, depois, o quadro de estar de saída do clube minhoto: "tudo passa pelo Braga que é com quem, neste momento, tenho contrato por mais um ano".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG