Futebol

Rafa Benítez em nome de todos os treinadores: "Há cada vez menos paciência"

Rafa Benítez em nome de todos os treinadores: "Há cada vez menos paciência"

O treinador espanhol foi demitido pelo Everton seis meses depois de ter chegado ao clube e lamenta a falta de tempo: "No futebol de hoje procuramos resultados imediatos".

Com um passado de sucesso no Liverpool, o grande rival, Rafa Benítez sabia desde o início que não teria vida fácil no Everton. E o pior confirmou-se. Seis meses depois acabou demitido, provando, também ele, que é cada vez mais difícil garantir alguma estabilidade na profissão.

Horas depois de o despedimento ter sido consumado, o treinador espanhol reagiu através do site pessoal, falando em nome próprio, mas também em nome de toda uma classe, cada vez mais refém do imediatismo.

"O caminho para o sucesso não é fácil e, infelizmente, no futebol de hoje procuramos resultados imediatos e há cada vez menos paciência", escreveu Rafa Benítez, que deixa o Everton após sete vitórias, cinco empates e dez derrotas.

"Sabíamos que não seria fácil, e que era um grande desafio, tanto emocionalmente como desportivamente. O meu amor por esta cidade, por Merseyside e pelo seu povo, fez-me aceitá-lo, mas só quando se está no interior é que se percebe a magnitude da tarefa. Desde o primeiro dia, eu e a minha equipa técnica trabalhámos como sempre, com empenho e dedicação total. Não só tivemos de alcançar resultados, como também conquistar o coração do povo. No entanto, a situação financeira e depois as lesões que ocorreram tornaram as coisas ainda mais difíceis", defendeu Benítez, o mais recente treinador na lista de desempregados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG