Futebol

Rafael Leão condenado a indemnizar o Sporting em 16,5 milhões de euros

Rafael Leão condenado a indemnizar o Sporting em 16,5 milhões de euros

O português Rafael Leão foi condenado a pagar mais de 16 milhões de euros ao Sporting pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAD). Em causa está o processo relacionado com a rescisão de contrato com o clube de Alvalade.

A decisão do TAD surge depois da queixa apresentada pelo clube verde e branco à FIFA contra Rafael Leão e o Lille, clube para o qual o avançado se transferiu em 2018, mas o clube francês não foi alvo de qualquer castigo.

O TAD deu razão ao Sporting, considerando que houve "cessão ilícita do contrato de trabalho desportivo", mas não chegou aos valores da indemnização pedidos pelo clube leonino, que era de 45 milhões de euros, tendo fixado a quantia de 16,5 milhões.

Rafael Leão foi um dos jogadores que rescindiu unilateralmente com o Sporting depois do ataque à Academia de Alcochete. O avançado trocou os leões pelo Lille e não existiu qualquer acordo posterior com os franceses. Atualmente, o atleta representa o AC Milan, depois de o clube italiano ter dado 35 milhões de euros pelo passe do jovem avançado.

O clube de Alvalade também está obrigado a indemnizar o jogador em 40 mil euros pela prática de assédio moral. Rafael Leão tinha pedido 100 mil euros.

Entretanto, esta quinta-feira, os leões comunicaram à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) o valor da indemnização que irão receber do jogador pela cessação ilícita de contrato, bem como os 40 mil euros que lhe terão de dar a Rafael Leão "pela prática de assédio moral".

Outras Notícias