Exclusivo

Rafael Leão: do Bairro da Jamaica e do rap até ao topo de Itália

Rafael Leão: do Bairro da Jamaica e do rap até ao topo de Itália

Tímido, que gosta de dormir e passar tempo em casa. Fora do campo é assim que Rafael Leão se define, mas dentro das quatro linhas faz jus ao nome. Passo a passo foi crescendo como jogador e hoje é uma das grandes figuras da Liga italiana, tendo-se sagrado campeão nacional pelo AC Milan e eleito o melhor futebolista da Serie A. Do Bairro da Jamaica à música e ao estrelato no futebol, o percurso do português é de rápida ascensão.

Nem tudo foi fácil no início da vida de Rafael Leão. Nasceu em Almada e cresceu no Bairro da Jamaica, no Seixal. A infância teve a bola de futebol como presença assídua e rapidamente se destacou dos outros colegas. Deu os primeiros toques no Amora FC e aos 9 anos ingressou nas camadas jovens do Sporting, onde limou o seu talento. Confessou ser uma criança tímida, que "não falava muito e ficava no seu canto". Mas foi aí, em tenra idade, que se apercebeu que queria ser profissional e fazer do futebol a sua vida. Contou que tem uma ligação muito forte com a família, que sempre lhe disse para se focar na escola. Apesar de tentar, chegou a uma altura em que não conseguia conciliar os estudos com o desporto e optou pelo segundo.

Amante de máquinas de videojogos antigas e de boxe, foi crescendo nos escalões inferiores dos leões e ganhou mais protagonismo quando, em 2016/17, marcou 10 golos nos juniores do Sporting. A temporada seguinte foi um grande misto de emoções para o jovem avançado. Era visto como uma promessa de Alvalade que podia, em breve, dar o salto para a equipa principal. Competiu na equipa B e a 12 de outubro de 2017 estreou-se no Sporting, sob o comando de Jorge Jesus, frente ao Oleiros, na Taça de Portugal. O jogo teve o pai como espectador especial, que pôde assistir ao primeiro golo do filho como sénior.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG