F1

Raikkonen dá nova vitória à Lotus 25 anos depois

Raikkonen dá nova vitória à Lotus 25 anos depois

O finlandês Kimi Raikkonen voltou, este domingo, a dar uma vitória à Lotus na Fórmula 1, ao vencer o Grande Prémio do Abu Dhabi, 25 anos depois de Ayrton Senna ter conquistado o último triunfo para esta equipa.

Numa só prova, Raikkonen fez história, ao voltar a colocar a equipa Lotus no lugar mais alto do pódio, depois de o brasileiro Ayrton Senna, que morreu em Maio de 1994, em Imola, ter conquistado o Grande Prémio de Detroit, nos Estados Unidos, em 1987. O finlandês assegurou o 80.º triunfo desta escuderia no Mundial.

Raikkonen, campeão do Mundo em 2007, regressou assim também aos triunfos na Fórmula 1, tendo somado a 19.ª vitória na sua carreira. A última ocorreu em 2009, no Grande Prémio da Bélgica.

Numa corrida marcada por dois incidentes, que obrigaram à entrada em duas ocasiões do "safety car", Raikkonen beneficiou da desistência do britânico Lewis Hamilton (McLaren/Mercedes) à 20.ª volta e assumiu a liderança da prova, que não mais largou até final.

Enquanto Raikkonen conseguiu resistir ao ataque final do espanhol Fernando Alonso (Ferrari), que tentava ganhar o máximo de pontos ao alemão Sebastian Wettel (Red Bull), o germânico, que foi penalizado e obrigado a sair do último lugar da grelha, efetuou uma recuperação espetacular e chegou mesmo ao terceiro posto, perdendo apenas três pontos para o espanhol na corrida pelo título mundial.

Em busca do seu terceiro cetro consecutivo, no que o tornará no mais jovem tricampeão do Mundo, Wettel comanda o campeonato com 255 pontos, mais 10 do que Alonso, também em busca do "tri", numa altura em que ainda faltam dois grandes prémios para o encerramento da temporada, o Grande Prémio dos Estados Unidfos (18 de novembro) e o Grande Prémio do Brasil (25 de novembro).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG