Jogos Paralímpicos

Raquel Cerqueira 8.ª no comprimento, Firmino Baptista nas "meias" dos 100 metros

Raquel Cerqueira 8.ª no comprimento, Firmino Baptista nas "meias" dos 100 metros

A portuguesa Raquel Cerqueira terminou, esta segunda-feira, na sexta posição a final do salto em comprimento F20 (deficiência intelectual) dos Jogos Paralímpicos Londres2012, enquanto Firmino Baptista garantiu presença na meia-final de 200 metros T11 (deficiência visual).

Numa prova em que a polaca Karolina Kucharczyk bateu o seu próprio recorde do Mundo, com um salto de 6,00 metros, a atleta portuguesa conseguiu o melhor salto a 4,58.

A atleta lusa considerou ter "cumprido o seu objetivo", admitindo que "não esperava que corresse tão bem".

Raquel Cerqueira, que se estreou em competições paralímpicas, às quais regressam atletas com deficiência mental, admitiu ter ficado "quase assustada" com o ambiente do estádio olímpico.

"Há muito barulho, a pressão é muito grande, mas saltei e não bloqueei", afirmou Raquel Cerqueira, que tem como melhor marca pessoal 4,75.

Aos 29 anos, a atleta admitiu que gostava de estar nos próximos Jogos Paralímpicos: "Se conseguir ir ao Rio de Janeiro, fico muito contente".

Nos 200 metros T11, Firmino Baptista terminou a sua série na segunda posição, atrás do brasileiro Daniel Silva, com novo recorde pessoal, 24,00 segundos.

O atleta português disputa na terça-feira, durante a manhã, a meia-final e, à noite, a final, caso se apure.