Inglaterra

Reforço do policiamento na Maratona de Londres

Reforço do policiamento na Maratona de Londres

A maratona de Londres vai ter um aumento de 40% no policiamento, em relação a 2012, depois dos atentados na prova de Boston, na passada segunda-feira.

A corrida, que se disputa no próximo domingo, vai contar com mais de 36 mil participantes e milhares de espetadores nas ruas da capital britânica.

No seguimento do atentado em Boston, a organização da maratona de Londres anunciou que a prova vai decorrer como estava previsto. No entanto, o dispositivo de segurança vai ser reforçado face ao ano anterior.

"Aumentámos em centenas o número de oficiais de patrulha. O objetivo é que as pessoas que vierem a Londres no domingo se sintam seguras na cidade", informou a comissária da Scotland Yard Julia Pendry. "Isto representa um aumento de 40% de oficiais no terreno, em relação ao ano passado", acrescentou.

Segundo a comissária, a Scotland Yard e a polícia de Boston estão em contacto estreito e permanente e "até à data, não existe nenhuma ligação entre as atrocidades cometidas na maratona de Boston e a maratona de Londres, deste domingo" e que não haverá "mudança no nível de ameaça".

Todos os corredores vão ter uma braçadeira negra e vai também ser respeitado um minuto de silêncio antes da partida, em homenagem às vítimas e aos feridos de Boston. Por cada corredor que cruze a meta, a organização vai doar 2 libras (2,35 euros) a um fundo de apoio às vítimas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG