Taça de Portugal

Reforços portistas reclamam os holofotes no triunfo sobre o Fabril

Reforços portistas reclamam os holofotes no triunfo sobre o Fabril

A equipa de Sérgio Conceição está na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal, depois de ter vencido, este sábado, o Fabril, no Barreiro, por dois golos sem resposta. Toni Martínez abriu o ativo com classe, segundos antes de soar o apito para o intervalo, enquanto Taremi, aos 51, fechou a contagem.

A única surpresa que este desafio da prova rainha do futebol português reservou foi a curta vantagem conseguida pelos azuis e brancos. O F. C. Porto foi dominador, o guarda-redes Diogo Costa pouco ou nenhum trabalho teve para fazer, mas os atacantes nem sempre revelaram a pontaria desejada, na hora de alvejar a baliza contrária.

Depois da paragem competitiva, devido aos compromissos das diversas seleções, Sérgio Conceição tirou proveito do trabalho que esteve a desenvolver com os jogadores que ficaram no Olival. Caso de Otávio, um dos dois habituais titulares que jogaram de início frente ao Fabril - o outro foi Manafá -, que assistiu de forma exemplar para o golo não menos brilhante de Toni Martínez.

Um remate de moinho do avançado espanhol, que também ficou toda a paragem com Sérgio Conceição, e bola na rede. O F. C. Porto adiantou-se no marcador no último suspiro da primeira parte, mas para trás tinham ficado muitas oportunidades desperdiçadas. Toni Martínez foi o 13.º portista a marcar na presente temporada e este foi o seu primeiro golo pelos dragões.

O papel principal estava destinado a reforços e Taremi não se recusou a ser feliz. O avançado iraniano, que pediu dispensa da seleção para ficar no Olival a queimar etapas de adaptação e batalhar pela titularidade, alargou a vantagem dos azuis e brancos, ao minuto 51, rematando na passada a bola que lhe chegou dos pés de Felipe Anderson, extremo brasileiro que está nos dragões por empréstimo do West Ham.

Até ao final, Sérgio Conceição foi lançando alguns habituais titulares e apesar de a equipa ter criado algumas oportunidades claras, o marcador não mais funcionou.

Veja, agora, o resumo do jogo e confira, depois, a ficha de jogo.

Jogo no Estádio Alfredo da Silva, no Lavradio.

Fabril -- FC Porto, 0-2.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Toni Martínez, 45+1 minutos.

0-2, Taremi, 51.

Equipas:

- Fabril: João Marreiros, Leonildo Ceita, Nuno Longo, Jairo Filho, Ronivaldo Ferreira (Emerson Gomes, 87), Daniel Oliveira (Gonçalo Paulino, 87), Diogo Palma (João Araújo, 74), Reginaldo Gonçalves (João Carmo, 87), Nuno Sá, Adjeil Neves e Ivan Reis (Edson Castro, 57).

(Suplentes: Daniel Junior, Alexandre Barbas, Gonçalo Paulino, Edson Castro, João Araújo, João Carmo e Emerson Gomes).

Treinador: João Miguel Parreira.

- FC Porto: Diogo Costa, Carraça, Loum, Sarr, Manafá, Felipe Anderson (Luis Díaz, 61), Otávio (Jesús Corona, 61), Romário Baró, Nakajima (Sérgio Oliveira, 61), Toni Martínez (Fábio Vieira, 80) e Taremi (Evanilson, 80).

(Suplentes: Cláudio Ramos, Diogo Leite, Luis Díaz, Jesús Corona, Sérgio Oliveira, Evanilson Barbosa e Fábio Vieira).

Treinador: Sérgio Conceição.

Árbitro: João Bento (AF Santarém).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Ronivaldo Ferreira (70), Adjeil Neves (83), Romário Baró (84) e Emerson Gomes (89).

Outras Notícias