Xadrez

Reis, rainhas, damas e bispos à solta no Open de Portugal

Reis, rainhas, damas e bispos à solta no Open de Portugal

Xadrez de top mundial em Lisboa, no Open de Portugal, com 21 grandes mestres internacionais, 20 mestres internacionais e um total de 274 xadrezistas, um recorde que, por si, coloca o evento entre os melhores do panorama europeu.

O Open de Portugal/Cidade de Lisboa arranca este sábado e decorrerá até dia 10, no Casal Vistoso, onde estarão jogadores de 40 nacionalidades distintas, prova da grande internacionalização do torneio, que também garante uma qualidade assinalável, pois conta com um bem fornecido lote de mestres.

O número 1 do torneio é o grande mestre russo Alexander Motylev, ex-campeão europeu (2014), que presentemente ocupa a 113.ª posição do ranking mundial. Motylev é o maior candidato ao triunfo no Open, mas terá forte concorrência, sobretudo dos grandes mestres Eduardo Iturrizaga (Venezuela, vencedor do torneio em 2017), Eric Hansen (Canadá), Nikita Petkov (Rússia) e Xiangyu Xu (China). Xu, aliás, lidera uma interessante "armada" chinesa, na demonstração do poderio que este país tem neste momento no xadrez mundial.

Portugal também está representado por jogadores de topo, como o grande mestre Luís Galego e os mestres internacionais Rui Dâmaso e Sérgio Rocha.

Após a sessão de abertura, o Open de Portugal 2019 tem a primeira jornada marcada já para este sábado. No domingo, realizam-se duas jornadas, às 14 e às 19.30 horas. Depois, haverá uma ronda diária até ao final.

A partir do dia 10 o ritmo vai acelerar ainda mais, com o Open de Portugal de Partidas Rápidas, que contará com a presença da maioria dos jogadores do torneio de clássicas.