Racismo

Quaresma ataca "populismo racista" de André Ventura. Deputado já reagiu

Quaresma ataca "populismo racista" de André Ventura. Deputado já reagiu

O internacional português Ricardo Quaresma divulgou, esta terça-feira à noite, uma mensagem contra o racismo, onde ataca André Ventura, que propôs um "plano de confinamento específico para a comunidade cigana". O deputado do Chega já reagiu.

"O populismo racista do André Ventura apenas serve para virar homens contra homens em nome de uma ambição pelo poder que a história já provou ser um caminho de perdição para a humanidade", escreveu Quaresma no Facebook, lembrando que "somos todos iguais e todos merecemos na vida as mesmas oportunidades independentemente do berço em que nascemos".

"Quando um homem se ajoelha na frente de Deus devia olhar para Deus com o mesmo amor com que Deus olha para nós, sem distinção de raça ou cor. Triste de quem se ajoelha só para ficar bem na fotografia, para enganar os outros e parecer um homem de bem aos olhos do povo", salientou o jogador, que alinho no Kasimpasa, na Turquia.

"Olhos abertos", recomendou o atleta de origem cigana. "A nossa vida é demasiado preciosa para ouvirmos vozes de burros...isto se queremos chegar ao céu".

Na sequência da mensagem deixada por Ricardo Quaresma, André Ventura considerou, ao JN, que "o Quaresma devia, em vez de criticar, sensibilizar a comunidade cigana para o cumprimento genérico das leis do Estado". "Só depois disso teria moral para falar disto", apontou o deputado único do Chega, que antes tinha considerado "lamentável que um jogador da seleção nacional se envolva em política".

Outras Notícias