Miguel Afonso

Rio Ave soube dos comentários de Miguel Afonso e diz que treinador negou acusações

Rio Ave soube dos comentários de Miguel Afonso e diz que treinador negou acusações

Na sequência de uma denúncia das jogadoras do Rio Ave da época 2020/21, por alegados comentários de assédio sexual por parte do treinador Miguel Afonso, o Rio Ave referiu, em comunicado, que teve conhecimento dos comentários e que o treinador negou tais acusações.

"O Rio Ave FC teve conhecimento de alguns comentários circunstanciais relatados por atletas, relativamente a alegadas abordagens despropositadas do treinador. Confrontado com o assunto, o técnico negou tais situações e, a pedido das atletas, o assunto não teve seguimento", pode ler-se.

O Rio Ave informa ainda que ao longo da época "não foi realizada qualquer queixa formal e oficial de nenhum atleta juntos das autoridades", revelando ainda que a saída de Miguel Afonso na época 2020/21 deveu-se ao facto de não estarem reunidas condições para a continuidade do treinador. "A gestão de grupo e as metodologias não eram consensuais e adequadas, não estando reunidas as condições para a continuidade do técnico".

PUB

"Além disso, importa ainda sublinhar que o Rio Ave Futebol Clube sempre foi intransigente com determinados valores, dos quais não abdica, como a igualdade de géneros e de tratamento, respeito, cidadania e ética profissional e humana, não se revendo em nenhuma situação que alegadamente se enquadra no tema tratado pela notícia. O Rio Ave Futebol Clube estará sempre completamente disponível e colaborante com os organismos competentes para o total e cabal apuramento da verdade", pode ler-se.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG