F. C. Porto

Rodear-se dos melhores tem sido o segredo do sucesso para Pinto da Costa

Rodear-se dos melhores tem sido o segredo do sucesso para Pinto da Costa

O plantel portista entregou a Taça de Portugal, conquistada no domingo, no Jamor, ao museu do clube. "Comigo ou sem mim, haveis de ser campeões muitas mais vezes", anteviu o presidente do F. C. Porto, Pinto da Costa.

"Não é fácil não me repetir tantas são as vezes que aqui vimos", admitiu o dirigente mais titulado do mundo, que citou Fernando Pessoa para marcar a conquista do 66.º troféu no futebol desde que é presidente do clube.

" Veio-me à memória um belo poema de Fernando Pessoa que principia assim: 'Não sou nada, nunca serei nada, não posso querer ser nada, além disso tenho na cabeça todos os sonhos do mundo'. Este início reflete tudo aquilo que tenho conseguido trazer, juntamente com todos, para o F. C. Porto. Não sendo nada, tendo na cabeça todos os sonhos do mundo. Sonhei ter comigo este grupo fantástico", referiu Pinto da Costa.

O presidente portista abordou a continuidade do técnico, Sérgio Conceição, na próxima temporada, "um compromisso que dura e ainda durará", acreditando que "se todos quisermos e estivermos unidos como estivemos este ano, havemos de vir aqui muitas vezes".

"Sabendo que não valho nada e tenho sonhos, isso faz-me procurar ter sempre junto de mim os melhores. Aqueles que podem concretizar os sonhos que tenho na cabeça, os anseios de milhares de milhares de pessoas que ontem transformaram um estádio que de bonito já tem pouco numa beleza azul e branca como nunca se tinha visto", concluiu Pinto da Costa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG