Roland Garros

Rolo compressor de Swiatek e adeus precoce de Osaka

Rolo compressor de Swiatek e adeus precoce de Osaka

Número 1 do mundo não deu hipóteses a Lesia Tsurenko e somou a 27.ª vitória consecutiva esta temporada. Naomi Osaka caiu na ronda inaugural de Roland Garros perante Amanda Anisimova.

Iga Swiatek teve um arranque autoritário em Paris, ao derrotar a ucraniana Lesia Tsurenko, 119.ª do mundo e proveniente da qualificação, por 6-2 e 6-0, em 54 minutos.

Os números são esclarecedores e comprovam uma exibição muito segura da polaca, de 20 anos, que vai numa série de 27 triunfos consecutivos, 22 dos quais sem ceder qualquer set, um registo que já lhe valeu cinco títulos em 2022, entre os quais os Masters 1.000 de Doha, Indian Wells, Miami e Roma.

Em sentido inverso, Naomi Osaka, antiga número 1 mundial, foi afastada pela norte-americana Amanda Anisimova, 27.ª cabeça de série, pelos parciais de 7-5 e 6-4, em uma hora e 30 minutos.

Num dos duelos mais aguardados da ronda inaugural do quadro feminino, Osaka foi competitiva e lutou pela partida até final, acabando o encontro em notório défice físico.

De recordar que a japonesa regressou a Roland Garros um ano depois de desistir do torneio francês, na sequência da polémica gerada pela sua decisão de boicotar as conferências de imprensa do torneio, para alertar para o tema da saúde mental.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG